fbpx

RECONECTANDO O LAR

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest

A busca por uma vida mais consciente está influenciando a nova onda de design em toda a casa. À medida em que os consumidores se tornam mais sustentáveis, procuram produtos domésticos produzidos com integridade e que são feitos para durar. Produtos orgânicos, de comércio justo e ético, estão tornando-se mais orientados ao design, aumentando o mercado. Aqui, vemos novamente a influência do capitalismo comunitário 

Combinando o desejo de se reconectar com um modo de vida natural, com o crescente interesse em evitar produtos químicos e nocivos, uma nova geração de consumidores e artesãos estão redescobrindo ferramentas e receitas do passado, e comemorando sua abordagem simples. Materiais de origem local, onde é possível trabalhar com artesãos que possuem um pensamento sustentável e auxiliam a retroalimentar suas economias locais, levam seus clientes ainda mais perto da natureza. 

De equipamentos e acessórios a móveis, a autenticidade e proveniência permanecem com a maior importância para artigos domésticos, com materiais veganos, cortiça, lã orgânica e polpa natural. Madeiras recuperadas mantêm seu caráter rústico, com os fabricantes descrevendo as cicatrizes como “pilares da beleza”.

Os espaços onde os consumidores podem praticar a atenção plena, meditar ou simplesmente recalibrar estão provando ser importante na casa ocupada de hoje. Criar espaços inteiros ou escolher em um item ou área simples para fornecer foco e clareza torna-se o objetivo dos profissionais.

Construções com baixa toxicidade: consumidores e empresas estão fazendo casas “low tox”, usando materiais de construção naturais. A empresa norte-americana Healthy Home Builders faz uma avaliação de baixa toxicidade de 360 graus abordagem para melhorar a qualidade do ar em casa, usando madeira maciça, evitando adesivos tóxicos e instalação de sistemas de purificação de ar e água. Purificadores de ar são itens indispensáveis ​​para manter ar interior limpo em toda a casa.

Volte ao básico: use a simplicidade, materiais naturais e fórmulas para manter soluções com baixa toxicidade, e indique isso claramente aos seus clientes. Mostrar os ingredientes assegura aos consumidores que os produtos são naturais e seguros para uso em suas casas.

Foto por Yehleen gaffney

UTILIZANDO PALAVRAS

– Frases divertidas abrem caminho para ideias mais conscientes, adornando uma ampla gama de produtos para incentivar o bem-estar mental;

– Slogans abraçam afirmações com mantras projetados para inspirar e ajudar a valorizar a atenção plena;

– Com a onda do Instagramável. em alta, as palavras podem ser utilizadas não apenas em quadros, mas em paredes inteiras.

Foto por Nathan Dumlao
Foto por Prateek Katyal

TECNOLOGIA INVISÍVEL

– O consumidor de eletrônicos busca misturar a casa em termos de design, utilizando tecnologia com decoração para incorporar múltiplas funções e economizar espaço;

– Marcas como a Beoplay oferecem equipamentos de áudio semelhantes a uma escultura em vez de aparelhos elétricos, eliminando a poluição visual dos espaços;

– Considere mais cor, materiais e acabamentos para almejar um visual elaborado para fundir com o resto da casa.

Foto por jankolario

Foto por Martin Andrle

AMBIENTES SAUDÁVEIS

– Criar interiores saudáveis: em resposta à crescente conscientização do consumidor sobre toxinas domésticas, construtoras estão cada vez mais evitando materiais e acabamentos tratados quimicamente;

– O cuidado com o ar é um foco crescente para os consumidores, mantenha esse problema no topo ao selecionar acabamentos para produtos domésticos;

– O conceito Ceili Air de Changho Lee é projetado para pequenos espaços de estar, combinando iluminação superior e purificação de ar em um só produto.

Foto por Sara Farnell
Foto por Logan Nolin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + quatro =

Grupo WG Almeida
Enviar via WhatsApp